DESTAQUES

sexta-feira, 16 de julho de 2010

A bike nova do Orlando

Depois de um grande serviço de espionagem aqui está a foto da bike do Orlando.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Merujal-Tebilhão


Merujal-Tebilhão

Ambiente fantástico na partida para mais uma, que se revelaria, uma grande aventura, no parque de campismo do Merujal  com vários caminheiros tb na procura de um dia bem preenchido.
Como iamos guiádos pelo Fernando mais o seu Gps nem me apercebi exactamente por onde andei, sei que atravessámos o parque eólico, por sinal bem bonito e que entratanto o Gps se enganou e tivémos que fazer uma subída num caminho muito técnico pelo facto de ter muitas pedras.
Depois foi sempre a descer, passámos por uma aldeia onde nos refrescámos e onde e com o muito calor que se fazia sentir se deu o devido valor a uma corrente de agua fresca, tv a melhor àgua que bebi atá hoje.
Depois de uma subída complicada lá chegámos à aldeia de Cabreiros onde o Leonel descobriu um pequeno tasco com uma esplanada fantástica e que ingerimos o famoso adictivo (mini) fresquinha e onde se comeram sandes de queijo da serra por 70 centimos???alguém acredita.
Ainda bem que vivemos em democracia pois o Fernando queria visitar uma aldeola onde teriamos que andar mais 6 klms para baixo e depois voltar, felizmente não conseguiu convencer ninguém.
Na volta, uma descida fantástica, a pé, e depois de algum, muito cansaço demos uns mergulhos numa lagoa, adorámos, penso que vai ficar durante muitos anos na memória de quem lá esteve, não é facil descrever o que nos ía na alma.
Penso que perto das 16h00 começou o que seria a estocada final para o algum animo que ainda se sentia, a última subida que nos levaria na distancia de +-15Klms de uma altura de 260 mts até uma de perto dos 1100mts, levámos o corpo aos limites, poucas partes fiz de bike, a maior parte e por ser muito técnica tratou-se de uma difícil caminhada.
Já no cume e a  velocidades vertiginosas lá chegámos ao ponto de partida, Merujal, que grande sensação e alivio de tudo ter corrido bem e como não podia faltar mais umas minis para selarmos o fim desta grande aventura.
Um grande abraço para os meus companheiros de viagem, Fenando (director técnico), Leonel, Nuno Merendeiro e Sónia, grupo fantástico, até à próxima.

terça-feira, 6 de julho de 2010

20100407 Partida Maratona BTT do Vale do Vouga.MOV

Vale do Vouga

O mérito a quem o tem, de um lado eu e o Vitor, do outro a Sónia e o Leonel.
A menor soma dos tempos de cada equipa ditava a vencedora, tácticamente eu e o Vitor estivemos perfeitos, pois desistimos exactamente no mesmo sitio.
Parabéns aos vencedores, novo desafio para a próxima mas com resultados diferentes.

Vale do Vouga

Adivinhava-se um dia de muito calor, as pessoas sensatas ou ficaram em casa ou foram para a praia, os outras foram para o monte castigar o corpo, eu fui um deles.
Logo que chegámos e começámos a tratar do material, tudo perfeito, tudo a correr como planeado, fui à mala do carro para tirar o dorsal do saco e para meu espanto o saco não estava lá...não é possível.
O dorsal a senha para a refeição o material para o banho e a roupa para depois do banho, tudo tinha ficado em casa, e veio-me à ideia os relatos que li no forum btt relacionados com a maratona de Portalegre onde não deixaram participar um atleta que tinha perdido o dorsal no caminho para lá, fiquei apreensivo.
Dirigi-me à secretaria onde me disseram logo que não era possível participar, mas passádos 5 minutos mandou-me esperar foi buscar outro dorsal, trocou o meu anterior numero pelo novo, deu-me uma nova senha de refeição e tudo se resolveu, fantástico e os meus agradecimentos à organizaçao e à forma rápida como resolveram o problema causado por mim.
Como foi a 3º vez que fui a esta maratona e como o nível foi sempre elevado ía à espera do melhor mas algo apreensivo pelo facto de pela 1ª vez estar inserida no campeonato nacional e, no melhor pano cai a nódoa faltou tv uma das coisa mais importantes num dia quente como foi este, a àgua, não há desculpa, só eu e os que lá andam sabem o que é pedalar com muito pó e com altas temperaturas e depois querermo-nos refrescar e não haver àgua, não poderia ter acontecido.
De lamentar a queda da Adelaide, espero que recuperes rapidamente, de resto quase tudo correu bem, eu e o Vitor optámos pelo lado B da prova (desistimos) mas o resto do pessoal chegou todo ao fim, parabéns.
Banhos e almoço a grande nível, mas o melhor estáva guardado para o fim, o bolo de chocolate feito pela Bimbi, consta-se que fáz tudo, se fáz tenho que comprar uma.
Mais a sério, a Paula fez um magnifico bolo de chocolate acompanhado por umas "bejecas", fantástico, só foi pena o Nuno não ter ido pois sobrou muito bolo e com ele não sobrava de certeza.
Um dia bem passado em muito boa companhia, um abraço e boas pedaladas.